Flora Holderbaum

(Florianopólis 1979)

Flora Holderbaum é violinista, compositora e performer da voz. Trabalha no âmbito dos processos intermidiais entre a música e a poesia, com ênfase na Poesia Sonora e suas intersecções com a Música Experimental e Eletroacústica. Bacharel em Artes Visuais-Pintura e Gravura (2006) e em Música-Violino (2014), ambos pela UDESC. Mestre em Música -Teoria Estética e Criação pela UFPR (2014). Desde 2015 integra o NuSom – Núcleo de Pesquisas em Sonologia da USP, onde atualmente é doutoranda em Música-Processos de Criação Musical-Sonologia, sob a orientação do Dr. Fernando Iazzetta. Co-fundadora do grupo Sonora-mulheres, músicas e feminismos, que se dedica ao debate sobre a participação das mulheres no âmbito musical. É co-editora da revista linda, na qual mantém uma coluna sobre Poesia Sonora.

//
Exploro a intersecção da poesia com o som a voz, a fala, o violino, sons do cotidiano puros e eletronicamente manipulados. Eu também contorno o gesto da voz como máquina de sonoridades e assim, poética enunciação cheia de camadas: as vozes do significado, do som, do estado interno, do ato de fala, da cena…. Faço poesia desde criança e minha formação é em artes visuais e no violino. Sou mestre pela UFPR no que chamamos de composição, mas que prefiro entender como processos de criação em música na fusão com outras linguagens e modalidades, como a poesia, a performance, visualidades. Atualmente faço doutorado junto ao NuSom-Núcleo de Pesquisas em Sonologia da USP, com orientação do Dr. Fernando Iazzetta. Imagino minhas derivas como objetos sonoros, instalações, poemas sonoro-visuais, percursos, não-lugares. É essa pesquisa que concebo e procuro, num devir arte- vida, som-palavra, objeto-não-objeto, corpo-situação, instrumento-voz…com muitas etcéteras. São muitas as perguntas, de começo, intermezzo ou pós-lúdio: Que palavra é essa? Que som é esse? Que espaço a palavra ocupa no som? Que tempo o som move na palavra? Que voz é essa? Que vozes são essas? Como estremecer o poema em som e vice o verso vide ouvides: Musi-versa(o).

//
https://ufpr.academia.edu/FloraHolderbaum

http://lattes.cnpq.br/8864220630031373